quinta-feira, 6 de julho de 2017

Cardo-marítimo








Eryngium maritimum é uma espécie de planta com flor pertencente à família Apiaceae.
Os seus nomes comuns são cardo-marítimo ou cardo-rolador.

Fonte Wikipédia

13 comentários:

  1. Algumas espécies desses cardos florescem flores raras.
    Muito bonitas Piedade.

    ResponderEliminar
  2. Estes azuis são de uma beleza estrondosa, Piedade !
    E tu conseguiste transmitir tudo isso na perfeição !
    Nunca tal tinha visto.
    Muto obrigado, pois.

    Um beijo muito amigo.

    ResponderEliminar
  3. Um exemplo de aparente contradição?Como uma planta, investida em armadura, agressiva até, surpreende pela sua beleza!
    Vejo-a nos areais do litoral oeste.
    Belo trabalho.

    ResponderEliminar
  4. Ha sido un placer disfrutar de las fotografías de esta planta que yo es la primera vez que la veo. Bonitas fotos. Un abrazo. Franziska

    ResponderEliminar
  5. Como dizem às vezes, mil palavras não valem uma imagem! Que lindo esse azul, verdadeira poesia! Adorei, amiga!
    Um beijinho!

    ResponderEliminar
  6. Se eu estendesse minha mão
    tocaria tanto azul
    se os cardos deixassem.
    Um belo "achado".
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Um cardo quase surreal...

    Beijinho, Piedade :)

    ResponderEliminar
  8. Sei que já fotografei esta planta... mas não consegui de todo, captar estes tons incríveis!
    Uma série muito bonita, e invulgar!
    Mais um belíssimo trabalho, Piedade!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  9. São dessa cor ou alteraste? Não conheço e só por isso pergunto.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Manel
      por incrível que pareça era só uma planta que estava com essa cor mais viva e as fotos foram feitas a partir dela, tive sorte nesse dia, a partir daí já voltei e procurei mas nunca mais encontrei igual ou parecido.... :)

      Eliminar

Não sou fotógrafa, mas, gosto de fazer arte com a fotografia. Todas as palavras e as imagens deste blogue são de minha autoria, excepto as que estão assinaladas com os devidos créditos. Não são fotos perfeitas, nem eu quero que assim sejam, porque por vezes é na imperfeição que se encontra a beleza encoberta. Muito obrigada pela visita!